Jean Cocteau

Jean Cocteau
Jean Maurice Eugène Clément Cocteau foi um dos mais completos artistas de sua época. Poeta, romancista,
cineasta, designer, dramaturgo, actor, e encenador de teatro francês, em conjunto com outros Surrealistas
da sua geração conseguiu conjugar com mestria os novos e velhos códigos verbais, linguagem de encenação
e tecnologias do modernismo para criar um paradoxo: um avant-garde clássico.
Nascimento: 5 de julho de 1889, Maisons-Lafitte, FrançaFalecimento: 11 de outubro de 1963, Milly-la-Forêt, França

Exibir:
Organizar por:

A felicidade de um amigo deleita-nos

“A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com is..

R$ 69,00

A nascente desaprova quse sempre

“A nascente desaprova quase sempre o itinerário do rio.”..

R$ 69,00

Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez

“Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez.”..

R$ 69,00

O discernimetno consiste em saber

“O discernimento consiste em saber até onde se pode ir.”..

R$ 69,00

O limite extremo da sensatez

“O limite extremo da sensatez é o que o público baptiza de loucura.”..

R$ 69,00

Os espelhos fariam bem em refletir

“Os espelhos fariam bem em refletir um pouco antes de nos devolverem as imagens.”..

R$ 69,00

Os jovens adoram desobedecer

“Os jovens adoram desobedecer. Mas, atualmente, não há mais ninguém para lhes dar ordens.”..

R$ 69,00

Os sonhos são a literatura

“Os sonhos são a literatura do sono.”..

R$ 69,00